sexta-feira, 13 de julho de 2007

Reorganizando a vida

Como no sábado ficamos em casa e eu consegui colocar tudo em ordem, durante a semana tudo ficou mais tranqüilo, e mais fácil de manter tudo no lugar, foi o que comentei com o Marcio, numa noite dessas.

É incrível como a gente precisa se desdobrar em mil, para dar conta do recado, casa, trabalho, marido e filhos, e muitas vezes pinta aquele sentimento de culpa, porque se precisava de mais tempo para isso ou para aquilo. Foi pensando nisso que encontrei a reportagem desse mês, da revista Crescer, que me fez refletir, sobre esse assunto, tão importante no nosso dia-a-dia. A reportagem trata do assunto “Simplicidade”, e como foi útil, ler a respeito...

Durante nossa vida, damos tanto valor a coisas sem o menor sentido e esquecemos, ou deixamos de lado, o que realmente importa. Quantas vezes paramos para analisar o que realmente fará a diferença nessa nossa luta cotidiana? E onde podemos melhorar a qualidade de nossa vida? São momentos simples, que guardamos para sempre em nossos corações, então por que vivemos em busca do que é complexo?

Quantas vezes chego em casa, com tudo já esquematizado em minha cabeça. Primeiro vou dar banho nas meninas, depois dou comida e após isso, parto para os afazeres domésticos, que são inúmeros, e esqueço que a infância das minhas filhas esta passando, e daqui a pouco deixarão de ser os meus bebês, e não fiz nada para que essa fase fosse inesquecível.

Foi pensando nisso, que todas as noite, eu e o Marcio, desligamos a TV e esquecemos de tudo que nos incomoda durante o dia, e reservamos um tempo para curtir nossas princesas, vamos para o quarto dos brinquedos e voltamos a ser criança. Embora a Carol nunca consiga vencer o sono e aproveitar, sabemos que no final de semana faremos o possível para recompensá-la. São coisas simples, como ler um livro ou jogar bola, ou mesmo fazer alguns desenhos, mas isso já é o suficiente para que a Aninha comente com muito entusiasmo tudo que fizemos naquela noite.

Não é que deixei de fazer as coisas primordiais, porque há coisas que não podemos deixar de fazer, mas eu as coloco em segundo plano, ou levanto um pouco mais cedo para fazê-las, ou vou dormir um pouco mais tarde, pois o mais importante é ver o brilho no olhar e a felicidade no sorriso daquelas que chegaram, e transformaram nossas vidas em momentos inesquecíveis.

Nossa, me empolguei e escrevi demais.

Neste final de semana vamos visitar minha mãe querida. Imaginem que já faz 15 dias que não a vejo. Mal posso esperar pelo final de semana, onde a família estará toda reunida. Até a Bia estará lá.

Beijos e bom final de semana a todos.
Deixo uma foto das minhas bonecas

6 comentários:

Fernanda e Douglas disse...

Olá!
Sábias palavras. Vc tem toda a razão, as vezes damos muita importancia para coisas que podemos deixar pra depois, mas uma coisa que jamais volta e a infância de suas princesas, por isso aproveite o maximo mesmo, vcs merecem e as meninas tb.
Estamos com saudades.
Beijos a todos.

Sonia C disse...

Como dizia o sábio Cazuza - O tempo não pára...
Deve mesmo priorizar as meninas pois esses são momentos que ficarão marcados nas lembranças de todos vocês e com certeza serão lembrados para sempre com muito carinho e que bom vc ter tido essa percepção e estar aproveitando cada minutinho exercitando a infância de todos. Bj grande

Valéria Leandro dos Reis disse...

Pois é amiga!
também penso igual a vc!
Me desdobro em dez para dar conta, e olha que só tenho um, imagine com duas!
Também tento ficar um pouco com ele, mas sempre dá um sentimento de culpa por não poder fazer ainda mais.

Não desisite do blog não amiga!
Adoramos visitar a "casa" das amigas!

Grande abraço e muitos cheiros nas meninas!

Joselia disse...

Sandra,
Até me emocionei com o que vc escreveu.
Penso do mesmo jeito. Meu filho tem apenas 1a e 10 meses mas daqui a pouco estará um rapaz. Por isto algumas coisas que para mim era prioridade, exemplo, como manter a casa arrumada eu vou deixando para trás. Paro tudo para dar atenção para ele. E percebo que isto faz uma grande diferença. O brilho que vejo nos olhinhos dele compensa qualquer coisa!
Passe lá no meu blog para tomar um café ;-)
http://tesourothiago.zip.net
Beijo para vc e suas lindas princesas.

Vivian e Isabeçça disse...

Olha Sandra vc falou tudo !! A gente passa a vida se cobrando, mas esquece que e tao facil aproveitar as coisas simples, esquecer os problemas, as obrigacoes e sentar no chao e brincar com nossos filhos !!! Eu vivo me cobrando por falta de tempo com a minha princesinha mas esqueco que e preciso qualidade e nao quantidade !!!
Bom fds e boa visita a sua mae !!!
bjs

Cél disse...

Sandra,
Tenho pensado tanto nisso tudo que vc falou !
Eu que ainda não tenho meu filho comigo, vivo reclamando de não ter tempo para fazer tudo o que preciso fazer durante o dia e me pego preocupada em como será quando meu filho chegar, como darei conta ?
Mas vc tem toda razão, a vida é feita de escolhas e cabe a nós saber proirizar o que é mais importante.
Curta muito as suas bonecas LINDAS !!!
Vc é uma mãe maravilhosa.
Um grande beijo.